Professoras do Mestrado da UNIARP tem projeto aprovado no CNPq | Uniarp - Uniarp

Professoras do Mestrado da UNIARP tem projeto aprovado no CNPq

Publicação: dezembro, 13

 

fachada-uniarp-nova-large

As professoras doutoras Circe Mara Marques, Marialva  Moog Pinto e Mariangela  Lenz Ziede, do Programa de Pós-Graduação em Educação (UNIARP) tiveram projeto aprovado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), na chamada Universal de 2016.

O projeto tem como título: “Documentação dos processos de inclusão e produção do sujeito a/normal na educação infantil”. A proponente e coordenadora  do projeto é a professora doutora Circe Mara Marques.Fazem parte da equipe também as pesquisadoras: Profa. Dra. Susana Beatriz Fernandes, Coordenação da especialização em Educação Infantil (UNISC) e a Profa. Dra. Ieda de Camargo da Coordenação do curso de Pedagogia (UNISC).

O objetivo da Chamada Universal é democratizar o fomento à pesquisa cientifica e tecnológica no País, contemplando todas as áreas do conhecimento. Para a edição de 2016, lançada em janeiro deste ano, foram submetidas 21.640 propostas, uma demanda total de R$ 1 bilhão, números recordes na história do Universal. Dessas, 12.499 foram recomendadas. A aprovação final seguiu o total de recursos previstos em edital de R$ 200 milhões, sendo R$ 150 milhões do Fundo Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (FNDCT) e R$ 50 milhões do CNPq.

Cerca de 31,3% foram destinados a projetos coordenados por pesquisadores vinculados a instituições sediadas nas regiões Norte, Nordeste ou Centro-Oeste. A região com maior número de propostas foi a Sudeste, com 2.032; seguida do Sul, com 1.051; Nordeste (917), Centro-Oeste (371) e Norte (216).



VOLTAR