UNIARP avança no processo de residências médicas e do curso de Medicina | Uniarp - Uniarp

UNIARP avança no processo de residências médicas e do curso de Medicina

Publicação: agosto, 10

A UNIARP realizou quarta-feira (09) uma reunião para apresentar a proposta do curso de Medicina e das residências médicas para dirigentes e representantes do Hospital Maicé, Conselho Consultivo, Poder Público, entidades empresariais, profissionais e especialistas da área. Na ocasião, foram definidos os nomes dos integrantes da comissão de trabalho e aprovado o encaminhamento do processo para três residências médicas nas áreas de: Saúde da Família, Clínica Geral e Medicina Intensiva. E seguindo o prazo legal, até o final do mês de setembro, também será encaminhado o processo do curso de Medicina.

A residência médica é uma modalidade de ensino de pós-graduação destinada a médicos, sob a forma de curso de especialização. Funciona em instituições de saúde, sob a orientação de profissionais médicos. Na sequência do processo, as residências médicas poderão atender outras áreas, de acordo com as demandas dos municípios da região.

O presidente da UNIARP Auri Marcel Baú afirma que a reunião teve o objetivo de apresentar o projeto e discutir o seu processo de estruturação. Ele destaca que o projeto não é somente de Caçador, mas de toda a região, abrangendo 24 municípios e cerca de 370 mil habitantes. “Neste mês de agosto vamos registrar o Projeto Pedagógico do curso, que foi muito bem montado e organizado, sendo um dos melhores a serem apresentados. Também vamos começar a discutir a questão da infraestrutura, a nomeação dos médicos e outras ações, junto com os integrantes da comissão de trabalho. Estamos firmes no propósito de implantar em Caçador este curso, começando pelas residências médicas. Temos certeza que isso irá mudar a concepção de saúde. A partir do 5º ano vamos ter 300 alunos já interagindo com o sistema de saúde da região. Será um impacto imenso na área da saúde de toda a região do Alto Vale do Rio do Peixe”, afirma.

O professor Paulo Cezar de Campos, vice-reitor da UNIARP ficou na coordenação geral da Comissão de Trabalho, junto com Sergio Schmitz Júnior, superintendente do Hospital Maicé e do médico Ademar Antonio Schmitz, secretário municipal de Saúde de Caçador.

Paulo ressalta que o trabalho será intensificado agora com a organização dos processos, cadastro de informações, cadastro dos médicos que irão atuar, entre outras ações. “Vamos trabalhar para garantir para 2018 o primeiro processo seletivo para residências médicas. Ao mesmo tempo estamos encaminhando o projeto para o Conselho Estadual de Educação de Santa Catarina para o curso de Medicina na UNIARP. Se todos os processos estiverem corretos, cumprirem todas as exigências legais junto aos órgãos competentes, temos para o segundo semestre de 2018 pronto o cenário para abrir a primeira oferta de vagas do curso de Medicina. Caso não seja possível, será no primeiro semestre de 2019”, relata.

Até o final do mês de setembro, também será encaminhado o processo do curso de Medicina



VOLTAR