Uniarp » Pesquisa » FAP – Fundo de Apoio à Pesquisa
//Pesquisa

FAP – Fundo de Apoio à Pesquisa

O que é o Fundo de Apoio à Pesquisa – FAP

A UNIARP tem na pesquisa um dos fundamentos sobre os quais está edificada. A pesquisa é entendida na instituição como fator determinante para a manutenção e melhoria da qualidade do ensino e da extensão.

O Fundo de Apoio à Pesquisa encontra-se embasado no Art. 72 do Regulamento Geral da UNIARP e destina-se fomentar atividades que promovam o desenvolvimento de pesquisas científicas no âmbito da UNIARP. Para tal, o FAP incentiva:
I – Docentes a desenvolver projetos de pesquisa;
II – A introdução de estudantes de graduação em atividades de Iniciação Científica (IC);
III – Divulgação da produção científica de excelência oriunda de docentes e discentes da UNIARP.

O edital de seleção de projetos de pesquisa docente é aberto anualmente. Com base nos projetos selecionados, é aberto edital para seleção de estudantes de graduação para Iniciação Científica.

Quem pode se candidatar à uma bolsa do FAP?

Anualmente, mediante edital próprio, são abertas as inscrições de projetos, mediante o preenchimento de formulário específico, acompanhado da documentação exigida nos termos do edital.
Neste caso, quem inscreve o projeto e quem é responsável pelo projeto é o professor orientador. Para ser professor orientador e solicitar aluno bolsista ou voluntário, o docente deverá preencher alguns requisitos:

  • Ter o perfil de pesquisador(a) e estar em plena atividade de pesquisa, evidenciada por sua recente produção intelectual, de modo que sua competência acadêmica seja comprovada mediante apresentação do currículo vitae atualizado, modelo Lattes – CNPq;
  • Ter preferencialmente o título de doutor ou mestre;
  • Possuir experiência compatível com a função de coordenador(a) e formador de recursos humanos qualificados;
  • Protocolar, de acordo com o edital específico, projeto de pesquisa relevante, dotado de viabilidade técnica e econômica, acompanhado do plano de trabalho detalhado a ser executado pelo(s) aluno(s) selecionado(s) com no máximo 12 meses de duração, vinculado às linhas de pesquisa da Universidade;
  • Ter disponibilidade de 8 (oito) horas semanais para orientação do projeto – e apresentar provas para tal.

Após aprovado o projeto, o orientador é responsável pela seleção de aluno(s), que desenvolverão atividades de iniciação científica. Para atuar como bolsista de iniciação científica, o discente deverá atender os seguintes requisitos:

  • Estar regularmente matriculado em curso de graduação, e estar cursando no mínimo o segundo semestre de seu curso;
  • Não estar no último semestre do curso;
  • Ter bom desempenho acadêmico;
  • Possuir disponibilidade de 20 horas semanais para dedicação ao projeto de pesquisa.

Documentos

Edital FAP 2017

Normatização



VOLTAR