fbpx
Busca

EPAGRI e UNIARP realizam pesquisas para viabilizar cultura da cebola na região

Publicação: 13/05/2019

A parceria da Epagri– Estação Experimental de Caçador com a UNIARP, por meio do curso de Agronomia está viabilizando inúmeras pesquisa de campo para testar novas tecnologias de produção. Nas últimas três safras, a maioria destas pesquisas tem sido conduzidas na propriedade de produtor Giovani Moraes, localizado em Lebon Régis. Na última safra, cinco experimentos foram conduzidos, testando fertilizantes aplicados via folha e via solo em alho e cebola, manejo fitossanitário de doenças em cebola e uso de gesso agrícola na cebola.

Os acadêmicos Bruno Nascimento, Camila Moreira, Aline Granemann, Sabrina Martins e Leonardo Collet estiveram envolvidos com a condução e avaliação das pesquisas, sob a orientação do pesquisador da Epagri e professor do curso de Agronomia, Dr. Leandro Hahn.

Ele explica que a parceria permite otimizar esforços e os resultados das pesquisas avalizam o uso ou não de muitas tecnologias. Diretamente, os resultados de pesquisa têm sido utilizados pelo produtor Giovani Moraes, o qual obteve um rendimento recorde de 85 toneladas por hectare na última safra, o que representa uma produtividade acima do dobro obtida na região. “Os produtores rurais são, finalmente, os maiores beneficiários destes trabalhos”, comenta.

 

Testes e validações

Segundo o professor Dr. Leandro Hahn, ao mesmo tempo que novas tecnologias são oferecidas a produtores e técnicos, é imperativo que estas sejam testadas e validadas para o sistema de produção da região. No dia 05 de maio, o produtor Giovani Moraes sediou a 12ª edição da Festa Regional da Cebola em sua propriedade. Na ocasião, os principais resultados de pesquisa foram apresentados aos produtores e técnicos envolvidos com a cebolicultura.

 

Saiba mais

A cebola é uma cultura desenvolvida em cerca de 2,5 mil hectares na região de Caçador, representando uma atividade que envolve muitas famílias, gerando emprego e renda direta e indiretamente para muitas pessoas.

A condição climática favorável, solos profundos e férteis e alto nível tecnológico de muitos produtores permitem o cultivo desta hortaliça com alta possibilidade de retorno econômico aos produtores. Na média, cebolicultores têm tido produtividades acima das produtividades obtidas pela maior região produtor de cebola do Brasil, que é Ituporanga, em Santa Catarina.

Seguidamente novas tecnologias de produção têm sido apresentadas aos técnicos e produtores. Estas tecnologias dizem respeito a novas cultivares e híbridos, formas de manejar o solo e as plantas, produtos fitossanitários para controle de doenças, pragas e plantas daninhas, máquinas para mecanização das práticas agrícolas, bem como fertilizantes para serem aplicados via solo e via foliar. É inequívoco que o aumento da eficiência produtiva se dá pelo incremento da adoção destas novas tecnologias.

 



VOLTAR

Quero Estudar