fbpx
Busca
Vestibular de Bolsas
Seletivo Medicina
Seletivo Uniarp Verão 2020
Psicopatologia
Endouni
EAD UNIARP
TOP 30 EaD UNIARP
Mestrado Acadêmico

Mestranda da UNIARP desenvolve atividade de RPG com alunos de Porto União

Publicação: 19/12/2019

A mestranda Yara Pinto Ferreira Kurutz, do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Educação Básica (Mestrado Profissional em Educação) da UNIARP, desenvolveu no mês de dezembro, a aplicação de uma parte do seu projeto com as crianças do Núcleo de Educação Infantil Castelo Encantado, do Município de Porto União-SC.

A atividade teve por objetivo aplicar, de forma lúdica, conhecimentos ligados ao mundo do folclore brasileiro. O método utilizado para o desenvolvimento da atividade foi o Role Playing Game (RPG).

O método foi criado e usado pela primeira vez no ano de 1974. O primeiro jogo lançado foi o Dungeons & Dragons (Masmorras e Dragões, em português), criado por Gary Gygax e Dave Arneson, nos Estados Unidos. A tradução mais próxima de RPG (Role Playing Game) é “Jogo de Interpretação”. Há vários trabalhos nacionais e internacionais que aprovam e promovem o uso do RPG em sala de aula como ferramenta facilitadora do ensino/aprendizagem.

O trabalho desenvolvido pela mestranda, visa aproximar o conhecimento cultural do folclore nacional mediante a criação de habilidades que os estudantes da Educação Infantil devem possuir na medida em que são capazes de assumir o papel do personagem que é colocado em jogo.

Tal dinâmica de trabalho tem também a finalidade de criar a capacidade imaginativa e empática dos estudantes, pois eles precisam usar da criatividade de “interpretar” os papeis propostos pelo jogo para conquistarem pontos e premiações.

“É basilar destacar que tal atividade é uma etapa importante no desenvolvimento do produto educacional proposto pela pesquisa da mestranda Yara, pois o mesmo é resultado de uma pesquisa bibliográfica e de campo. O produto educacional, dentro do contexto do mestrado profissional da UNIARP, é uma das metas fundamentais no desenvolvimento da pesquisa em educação. Por fim, vale ressaltar que a atividade aplicada pela mestranda corresponde aos desafios educacionais propostos pelas 10 competências da BNCC (2017)”, explica o professor Joel Cezar Bonin.



VOLTAR

Quero Estudar