fbpx
Busca
Decreto
Cartilha

Projetos do FAP: pesquisa estuda a relação entre casos de parasitose e prevenção do coronavírus

Publicação: 10/06/2021

Em mais um projeto do FAP da UNIARP, o aluno de medicina Vinicius de Lima Oliveira com a orientação dos professores Talize Foppa e Emyr Hiago Bellaver desenvolve uma pesquisa que avalia o número de casos de parasitoses em Caçador durante a pandemia do SARSCov2. O título da pesquisa é “Levantamento epidemiológico das parasitoses intestinais no município de Caçador/SC: Viés analítico decorrente do tratamento profilático durante a pandemia do SARS-COV2. 

O tema foi escolhido porque os pesquisadores observaram a possibilidade do número de casos de parasitas em Caçador poderia diminuir com a pandemia da Covid-19. “Como a principal forma de prevenção de parasitoses é a higienização de mãos, nós acreditávamos que a pandemia pudesse influenciar”, compartilhou a professora Talize. “Lavar as mãos de forma frequente também é a forma preventiva de evitar o contágio e a disseminação do coronavírus”. 

Além disso, a pesquisa busca conscientizar a população e mostrar que a importância de higienizar as mãos vai além do coronavírus. “Que é necessário hábitos de higiene sempre para que possamos prevenir doenças tão prevalentes em todos os municípios, principalmente em populações vulneráveis e de baixa renda”, completou a professora Talize. Para isso, o aluno Vinícius está presente em todas as etapas da pesquisa. Desde a busca de dados até a escrita dos relatórios. Os resultados foram aceitos em um congresso de medicina que aconteceu em maio. 

Segundo a professora, os resultados da pesquisa mostram que houve, de fato, uma queda no número de casos de parasitas. “Podemos também perceber pelos relatos informais que houve uma menor procura nos consultórios por casos de diarreia e resfriados”, acrescentou.  

Compartilhe !



VOLTAR

Quero Estudar