fbpx
Busca
Decreto
Cartilha

UNIARP prepara retorno das aulas presenciais com segurança

Publicação: 01/02/2021

Com novas diretrizes em vigor e um ano letivo de 2020 mais incomum do que qualquer outro, a Universidade Alto Vale do Rio do Peixe (UNIARP) provou que com diligência, comprometimento, e muito trabalho árduo foi possível atuar em meio a uma pandemia mundial.

As estratégias da Universidade incluíram a implementação de um plano de contingência que exige máscara obrigatória em todo o campus, reuniões online para funcionários e organizações estudantis, medição de temperatura, reforço da cultura de atenção aos procedimentos de limpeza pessoal, ventilação e a sanitização dos ambientes, além da transição da maioria de nossos eventos para formatos virtuais, entre outras ações.

“A comunidade acadêmica, como esperado, aceitou o desafio. Toda a nossa equipe, docentes e funcionários técnico-administrativos, seguem trabalhando diligentemente para tornar possível que nossos acadêmicos retornem com segurança ao campus para o semestre de 2021, afirma o professor Dr. Anderson Antônio Mattos Martins, reitor da UNIARP.

O retorno das aulas está previsto para o dia 17 de fevereiro para acadêmicos veteranos e no início de março para os calouros.
A UNIARP já está com um plano de retorno às aulas aprovado para o Colégio de Aplicação. Para a Universidade, ainda aguarda autorização da Prefeitura de Caçador.

O professor Anderson explica que aguarda a nova definição da matriz de risco para a região para definir a ocupação, se será de 50% ou 100%. “Caso a matriz de risco permaneça no nível gravíssimo, vamos retornar com 50% de ocupação, começando com as disciplinas práticas e estágios presenciais. Dentro, é claro, do plano de contingência elaborado e seguindo todas as recomendações para um retorno seguro”, comenta.

Acadêmicos e professores que estão no grupo de risco, permanecem com as atividades de modo online. “Embora o COVID-19 continue sendo uma ameaça persistente local e globalmente, a UNIARP está pronta para continuar fornecendo experiências educacionais transformadoras e conduzindo pesquisas inovadoras, garantindo que a comunidade acadêmica permaneça segura”, afirma.

Para 2021, a Universidade segue com perspectivas positivas, com a abertura de novos cursos, como a exemplo do curso de Biomedicina. Também segue com abertura de novos programas de pós-graduação lato sensu e strictu sensu.

Compartilhe !



VOLTAR

Quero Estudar